Ampliação de imóvel: quando vale a pena e cuidados ao fazer

Já pensou na possibilidade de ampliação de imóvel? Contratar um arquiteto ou engenheiro é fundamental para evitar dores de cabeça, e em alguns casos, trocar de imóvel pode ser a melhor opção.

Ter a casa própria é o sonho da maioria dos brasileiros e ao comprar um imóvel pode ser que os proprietários queiram realizar intervenções na propriedade. Essas alterações podem ser simples, como pintar as paredes ou instalar móveis planejados, mas também pode tratar de obras para ampliação de imóvel como aumentar o tamanho da sala ou de um banheiro.

Contudo, essa ampliação de imóvel exige cautela. Algumas pessoas ficam na dúvida entre ampliar ou comprar um outro imóvel, já que algumas obras envolvem processos burocráticos e grande investimento financeiro. Veja neste artigo quais as limitações para ampliar sua casa e quando essa opção é vantajosa!

Quando optar pela ampliação de imóvel?

Imaginar a casa dos sonhos cria grandes expectativas nos compradores, e em algumas situações optar pela ampliação de imóvel pode ser a solução para tornar a propriedade o mais próxima possível do desejado. Contudo, é importante lembrar que uma reforma envolve gastos e em muitos casos a necessidade de desocupação da propriedade durante a obra.

Assim, antes de realizar uma obra em seu lar é importante conhecer os desejos de sua família e principalmente a sua rotina, para assim pesar os prós e contras dessa decisão. Qual o espaço disponível na propriedade? Você mora com idosos? Tem crianças em casa? Todas essas questões precisam ser levadas em consideração. Em casas com idosos, por exemplo, ampliar um segundo andar pode ser perigoso, já que as escadas representam um risco para quem possui mobilidade reduzida.

Dicas para ampliar um imóvel

Se realizar uma ampliação de imóvel é o que você deseja, algumas dicas podem tornar esse processo mais fácil.

Faça o planejamento da obra

O planejamento da obra é fundamental para o sucesso da ampliação de imóvel. Defina os objetivos da reforma e tenha um planejamento financeiro a partir do projeto. Muitas pessoas costumam comprar materiais e contratar funcionários antes mesmo de ter em mãos o projeto da reforma. Isso pode resultar em uma perda significativa de dinheiro e material.

Assim, ao ter o projeto em mãos, faça um cronograma das atividades a serem realizadas. Esse cronograma pode ser feito a partir de uma lista de cômodos que serão alterados. Outra dica importante é evitar reformar todos os cômodos de uma vez. Isso pode tirar o seu foco e fazer com que detalhes importantes passem despercebidos. Esse planejamento te ajudará a manter o controle financeiro e dos prazos de entrega.

Trabalhe com profissionais e especialistas

Em algumas situações você pode se sentir tentado a dispensar o trabalho de profissionais como arquitetos e engenheiros. Contudo, contar com o trabalho de um especialista é um fator fundamental para o sucesso da sua reforma. Eles são profissionais capacitados e preparados com as melhores técnicas e soluções para eventuais problemas.

Esses profissionais também contam com uma equipe de execução na maioria das vezes. Isso garante que o trabalho de pedreiros, carpinteiros e pintores estará de acordo com o combinado e contratado. Assim, contar com um time de profissionais alinhados aos seus objetivos evita problemas que podem prejudicar, e muito, a sua reforma.

Entretanto, lembre-se: contratar uma equipe não significa que você perderá o controle da obra. Procure sempre participar das reuniões e se manter atualizado das atividades. Essa é a melhor maneira de tirar as suas dúvidas e garantir a qualidade ao final da obra.

Conte com bons fornecedores

Fazer a ampliação de imóvel, assim como a maioria das reformas demanda tempo e dinheiro. Em alguns casos, imprevistos podem requisitar verba extra, saindo do orçamento original. Diante disso, muitas pessoas tentam economizar comprando o material mais barato. Apesar de o preço não significar qualidade, optar sempre pelo mais barato pode não ser uma boa ideia.

Além disso, ter um fornecedor e equipe de confiança te ajudará a não comprar produtos e equipamentos desnecessários. Assim, é interessante sempre balancear o custo-benefício. Um bom fornecedor oferece produtos de qualidade a um preço justo e que não extrapole o orçamento da sua ampliação. Para isso, pesquise bastante, procure por indicações e sempre tente negociar.

Tenha a documentação em mãos

Ampliar um imóvel não se trata de uma simples reforma. Isso porque, essas obras na maioria das vezes demandam uma série de autorizações da prefeitura. Mais uma vez, contar com o serviço de um profissional especializado pode te ajudar bastante nesse processo. Todas as alterações devem ser analisadas por um especialista e será ele quem providenciará as documentações. As documentações mais comuns são:

Anotação de Responsabilidade Técnica (ART): emitida por um arquiteto ou engenheiro civil, é relacionada ao conselho profissional que regulamenta as atividades. Seu objetivo é garantir a segurança das pessoas e das estruturas físicas envolvidas;

Alvará de reforma: algumas prefeituras exigem esse documento quando ocorre a ampliação de imóvel. Assim, é importante conhecer a legislação do município em que a propriedade está situada antes mesmo de iniciar a obra.

Laudo de especialista: os condomínios podem exigir uma análise técnica das alterações a serem realizadas na ampliação do imóvel. Com isso, o síndico pode autorizar a obra ou até mesmo proibi-la em casos mais extremos.

Regularização da ampliação de imóvel

Como já vimos, a ampliação de imóvel não é algo simples. Para garantir uma reforma tranquila, é importante que todas as alterações sejam autorizadas pela prefeitura do município. Assim, para regularizar a ampliação de imóvel, é necessário que um arquiteto ou engenheiro solicite o alvará da prefeitura antes mesmo do início da obra. Ao final da reforma, o profissional deve dar entrada na “conclusão de obra” procedendo com a averbação na matrícula no cartório.

Esse processo pode ser burocrático e um pouco enfadonho, principalmente para quem deseja começar uma reforma imediatamente. Contudo, respeitar essa etapa é fundamental para evitar problemas futuros. Em alguns casos de ampliação de imóvel irregular o município pode cobrar multas e até ordenar a demolição da construção irregular.

Outro ponto importante para a regularização da ampliação de imóvel é garantir que a reforma esteja dentro dos parâmetros definidos por lei. Os principais deles são:

·         IAT: O Índice de Aproveitamento do Terreno é um número que, ao ser multiplicado pela área do terreno, informa quantos metros quadrados o imóvel pode ter. Esse valor, em metros quadrados, é chamado de Taxa de Construção Máxima. Ele também define quantos pavimentos uma casa pode ter, respeitando o número máximo de pavimentos da região.

  • Taxa de Ocupação: É a relação entre a área da projeção do imóvel e a área total do terreno, dada em porcentagem. A construção de novos andares, desde que se encontrem dentro da projeção anterior do imóvel, não interferem no seu valor.
  • Taxa de Permeabilidade: É a porcentagem do terreno em que não é permitida interferência da obra. Ela existe para garantir que a água da chuva flua até o lençol freático, abaixo do solo.
  • Gabarito: É o número máximo de pavimentos que o imóvel pode ter.
  • Altura Máxima: Indica o quanto o imóvel deve ter de altura, medindo do chão até o topo do telhado.
  • Afastamentos Mínimos: Indicam a distância mínima entre o lote e os limites do terreno.

Esses parâmetros interferem diretamente na legalidade da ampliação. Assim, para que a obra seja aprovada pela prefeitura é importante que todos obedeçam aos requisitos exigidos pelo órgão responsável. Ao contratar um profissional especializado e de segurança, esses cálculos serão feitos por ele e você não precisará se preocupar.

Ampliação de imóvel vale a pena?

A ampliação de imóvel pode ser um desejo de muitos proprietários. Aproveitar melhor o espaço disponível e redefinir os cômodos para que se adequem exatamente ao seu estilo de vida são alguns dos benefícios dessa obra. Contudo, é preciso se atentar a questões como o orçamento necessário para realizar as intervenções, além de contratar um profissional de qualidade. Isso exige tempo e dinheiro, e em alguns casos, a quantia gasta será enorme.

Diante disso, talvez a melhor opção seja encontrar um novo lar. A dica aqui é procurar por imobiliárias de confiança, que garantirão que você encontrará o imóvel dos seus sonhos e uma negociação tranquila. O portal da Casa Mineira Imóveis conta com variadas propriedades e nossos filtros de busca permitem que você encontre sua casa ou apartamento ideal. Nosso site é seguro e conta com diversos parceiros. Acesse já!

encontre apartamentos para alugar ou comprar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *